STEPHANSDOM - CATEDRAL DE SANTO ESTEVÃO - VIENA

austria
quinta-feira, dezembro 17, 2015


 Essa catedral data do século 14 e foi construída sob uma igreja do século 12. Com localização central, mesmo o mais desatento turista irá encontrá-la com facilidade. O acesso é gratuito, mas doações são bem-vindas.

 A antiga igreja que existia ali era de estilo romântico e sob ela foi erguida esta, em estilo gótico. É a igreja mais importante da capital austríaca. É onde o arcebispo de Viena fica e também  arquidiocese da cidade.

Dificilmente algum turista consegue fotografar a catedral por inteiro devido ao seu tamanho, então na frente da igreja você irá encontrar muita gente deitada no chão e em poses um tanto duvidosas para conseguir "aquela" foto :) 



 O interior é deslumbrante e expõe inúmeras obras de artes de artistas barrocos, românticos e renascentistas. Ali também existe o subsolo onde estão as tumbas da família Habsburgo e de Frederico Terceiro.

 Não esqueça de acender uma vela e agradecer a Deus pela vida !






Também é permitido subir até a torre, mas eu preferi ficar no chão mesmo. Quem tiver disposição, são pouco mais de 300 degraus e a vista é deslumbrante !! De lá você poderá fotografar o telhado colorido da catedral.


A igreja está localizada no marco zero da cidade, bem no meio de todo o burburinho de Viena.


Take care !

BUDAPESTE - CRUZEIRO NO DANÚBIO

budapeste
quinta-feira, dezembro 17, 2015


Matias Church

Eu adoro ver as luzes da cidade, seja ela a minha própria cidade que já estou habituada com cada poste de luz que enxergo da sacada do meu quarto ou seja uma nova cidade que acabei de chegar e estou ansiosa pra desbravar. 


Budapeste é especial nesse quesito. Nos oferece um passeio deslumbrante, de ficar com a respiração presa em alguns momentos. Eu já estava satisfeita em caminhar às margens do Danúbio, mas ter a experiência de pegar um barco e percorrer as águas do rio foi muito gratificante.



Aquela frase  "a noite todos os gatos são pardos" não se aplica a Budapeste. É incrível como a noite essa cidade se transforma, seus prédios históricos ganham contornos dourados, as sombras projetadas causam um suspense interessante e o que já era grandioso fica majestoso.



Parlamento

Nós fizemos apenas o passeio de barco, sem jantar e qualquer dança ou música típica. Na entrada deram taças de champanhe, mas dispense, nem vale a pena, além de ruim é quente. O passeio é rápido, pouco mais de 1h, os barcos são grandes e saem lotados ainda mais no início do verão com noites de clima agradável propício para um passeio assim.




Não me lembro ao certo o valor, foi algo em torno de 20 dólares por pessoa. Não me lembro também a empresa, mas é bem fácil fazer o passeio, tem milhões de empresas oferecendo.
Take care !!

PALÁCIO HOFBURG

austria
domingo, dezembro 13, 2015


 O local, antigo palácio, engloba a Biblioteca Nacional (considerada uma das mais importantes da Europa) e onde está a coleção de livros que pertenceu a Lutero, a Escola Espanhola de  Equitação (considerada a mais tradicional do mundo), a Capela Imperial e o Museu Sissi.


 Como nosso tempo era curto, optamos por visitar o museu Sissi e os apartamentos imperiais. Adoro ver como viviam os povos do passado e só posso dizer que depois dessa viagem passei a admirar e ter como ídolo a Imperatriz Sissi. Mulher de fibra, ideias ousadas, extremamente inteligente e mega psica com a aparência. Numa época em que mulher gorda era símbolo de beleza, ela já fazia exercícios físicos e cuidava da alimentação como as mulheres do século XXI !! 

 Coleção de pratos pintados a mão

Olha o centro de mesa que bafônico: cristal, ouro, espelhos, esculturas ...

Olha que lindo como esse faqueiro era acondicionado

 Esse museu basicamente expõe a louça que a Imperatriz usava em seus palácios. O bom-gosto é percebido em todas as peças que vão desde porcelanas pintadas à mão com temas alusivos a alguma comemoração até centros de mesa feitos em ouro e cristal que tomam metros e metros de mesa.



O museu fica localizado bem no coração da cidade, pertinho da igreja de São Estevão e ao lado do calçadão das lojas mais chiques e caras da cidade. A entrada começa pela coleção de prataria e aproveite, pois é o único lugar que dá para fotografar, quando subir as escadas vão pedir para que você guarde a câmera.


A coleção é fantástica. São todas peças exclusivas, encomendadas e desenhadas para os palácios onde a família morou e não apenas para o palácio de Hofburg. 

Realmente um passeio delicioso e muito agradável. Saindo do palácio, em frente está a escola de Equitação que também é espetacular.

Na próxima postagem vou falar do fantástico palácio de Schonbrunn !!!
Take care!!

HOTEL E RESTAURANTE SACHER - VIENA

austria
sábado, dezembro 12, 2015




Viena é um daqueles lugares que te induzem a comer; cada porta na rua te oferece algo de muito bom; os cheiros te convidam a sentar e experimentar. Foi um dos lugares que mais refeições fizemos ao dia. Não dá pra passar na frente da confeitaria ou do restaurante Sacher e não entrar.


Como era noite, já passava das 10, preferimos ficar com o restaurante para podermos provar o prato mais famoso da cidade: Wienerschnitzel, que nada mais é que um escalope de carne de porco cortado bem fininho e empanado servido com batatas cozidas e limão. O prato é bem grandinho, se você estiver em dieta vai ter que dar uma escapadinha !


O restaurante é bem pequeno. Ao fundo um piano de meia cauda com pianista está presente durante toda a noite. A decoração é bem intimista e lembra toda a pompa de Viena, muito veludo vermelho, espelhos e muito dourado fazem parte da decoração. As pessoas respeitam demais o pianista, falam muito baixo e estão super bem vestidas, mas nem por isso faz você se sentir intimidado.
Olha ai o prato mais famoso da cidade
Claro, a sobremesa não poderia ser outra: a torta mais famosa da cidade Sachertarte.


A torta Sacher foi inventada por um mini chef de apenas 16 anos  chamado Franz Sacher e oferecido a um príncipe austríaco lá em 1832. É um simples bolo de chocolate servido com uma porção de chantilly que ganhou fama e o mundo. Claro que eu tive que pedir a minha fatia da "melhor torta de chocolate do mundo". O que eu achei? é deliciosa, mas a melhor... hum, sei não !

Hall de entrada do hotel e do restaurante




Andar pelo primeiro piso do hotel é permitido para os clientes do restaurante. Os banheiros ficam bem ao fundo do corredor, passando por algumas salas lindamente decoradas e com as paredes repletas de fotos de época. Dá para perder uns 30 minutos olhando todas essas fotos que trazem recordações dos tempos da inauguração da confeitaria/restaurante/hotel.





Posso dizer que, para encerrar uma noite, após a ópera, logo ali do outro lado da rua, foi uma excelente escolha, não poderíamos ter ido a lugar melhor. Mas se você não estiver a fim de jantar, pode entrar na porta ao lado, que dá acesso à confeitaria e ser feliz do mesmo jeito :) 





Observação: em todos os blogs que li dizia ser necessário fazer reservas, mas como estávamos com programação apertadíssima na cidade, optamos por não reservar nenhum restaurante. Simplesmente chegamos na porta e pedimos por uma mesa, fomos atendidos na hora, sem qualquer espera.

Take care !!

PALÁCIO BELVEDERE - VIENA

austria
domingo, setembro 27, 2015

SCHLOSS BELVEDERE

O palácio foi construído como residência de verão para o Príncipe Eugenio de Saboya  no século XVIII e fica super bem localizado na cidade, era ao lado do nosso hotel e foi o primeiro ponto turístico que conhecemos na cidade, depois descemos para o centro a pé. Viena é uma cidade relativamente fácil de se locomover, os pontos e atrações ficam muito próximos e nem precisamos comprar os tickets de transporte da cidade. 
ALTO BELVEDERE

Para quem vai visitá-lo pensando em encontrar um Palácio moradia fica decepcionado. Os jardins são lindos, a arquitetura do alto Belvedere é imponente, mas o interior nada mais é do que um museu. Não irá encontrar quartos, banheiros, bibliotecas e cozinha. Mas a visita é fantástica pois o museu guarda obras barrocas e religiosas de grandes artistas desde a Idade Média até os dias atuais. Não é permitido fotografar, mas eu só posso dizer que ficamos encantados com tudo que vimos. Existem pinturas de 1130, livros sagrados com a mesma idade, esculturas sacras, enfim, um tesouro fantástico para quem gosta desse tipo de arte religiosa.
BAIXO BELVEDERE

São 3 andares de salas com exposições fixas e itinerantes. E acredito que o que mais chama atenção nesse palácio é o fato de abrigar a obra mais importante de Gustav Klimt, O BEIJO (clicando aí abrirá a página oficial do Palácio e lá você verá o quadro). Claro, não é permitido fotografar, mas garanto que vale a pena. No mesmo espaço estão espalhadas outras obras menos famosas do mesmo pintor e uma trajetória de sua carreira e crescimento artístico fica evidente.


 Essas pinturas dão a impressão de ser em 3D

Pinturas tão reais que saltam aos olhos



Jardins perfeitos e vista do Baixo Belvedere

JARDIM DOS FUNDOS

Espelho estrategicamente instalado na frente do Palácio para que possamos fazer nossas selfs com mais realidade rs





No nosso primeiro dia na cidade tivemos a impressão de que Viena parou no tempo e continua levando uma vida tranquila como era no século XVII !!!

Tivemos muito pouco tempo na cidade. Não por nossa culpa, mas por eu ter comprado a viagem de uma pessoa sem credibilidade que nos atrasou em 3 dias. Por causa disso, tivemos que conhecer Viena na correria, mas mesmo assim deu para ver muita coisa. Claro, ficou a sensação e o desejo de voltar, e refazer todos os pontos turísticos e muitos outros que não conhecemos com bastante tranquilidade.

Posts Populares

Curta a página

Por onde já passei