HOLIDAY IN AL BARSHA e JUMEIRAH BEACH - OS HOTÉIS DA VIAGEM

sexta-feira, maio 05, 2017

HOLIDAY IN AL BARSHA


Esse foi o hotel que escolhemos para a primeira fase da nossa viagem, que era a de turistão, bater pernas desde cedo até a noite.

Acabei não fazendo fotos do quarto e do café da manhã (que mereceria um post à parte de tão farto). Esse é o tipo de hotel que se preocupa em mimar o hóspede. Acho muito bacana chegar depois de um dia inteiro de passeio e encontrar na recepção maçãs e café árabe com tâmaras para a gente dar uma enganada na fome até tomar um banho e sair para jantar.

 Esse é o carrinho de café árabe que fica disponível no final do dia bem na entrada do hotel. Eles oferecem o café acompanhado de tâmaras !
 No hotel tínhamos 4 restaurantes. O da foto acima é japonês


 Esse restaurante tinha preço fixo de menu de 3 passos e apresentação de música ao vivo
 um dos bares do hotel
 a nave central 
olha que lindo. Parece a praça central de um navio

A localização desse hotel foi excelente. Melhor que ele só se tivéssemos ficado no Kempinski que é anexo ao Mall of the Emirates. O Holiday In fica a uns 500 metros do shopping e entre 2 estações de metrô o que para nós foi ótimo. Outro ponto bacana para o hotel foi o fato de deixarem todas as noites várias garrafas de água no quarto, e teve algo que achei bem inusitado e nunca tinha visto em qualquer hotel, mas desse vez vi em ambos que nos hospedamos: balança no banheiro. 
Tenho uma amiga que mora em Dubai e, segundo ela, não poderíamos ter escolhido localização melhor, pois a maioria das atrações da cidade se torna mais acessível desse ponto, ainda mais com a estação de metrô na porta e o shopping ao lado.
O quarto era pequeno, mas estávamos só o casal então foi bacana; o café da manhã era fantástico e se você quisesse, poderia solicitar uma bag to go na noite anterior e ficaria pronta na manhã seguinte com algumas comidinhas para você levar para o seu passeio. Não sei exatamente o que colocam nessa bag, só vi algumas pessoas pegando e também tinha descrito no site do hotel essa disponibilidade.

JUMEIRAH BEACH

Esse foi o hotel para a nossa segunda fase, que era para não sair mesmo dali, passar os dias bem preguiçosos e descansando. O Jumeirah Beach faz parte de um complexo de hotéis que engloba o Madinah Jumeirah (são 3 hotéis de luxo:  (Dar Al Masyaf, Al Qsasr e Mina Al Salam) e o Burj Al Arab. O transporte entre eles, disponível a todos os hóspedes, era feito por carrinhos elétricos.

Só no nosso hotel existem mais de 20 restaurantes !!!!!! Havíamos reservado alguns restaurantes fora dali e acabamos cancelando tamanha a boa oferta do hotel e também a preguiça de sair. Entre eles está o famoso 360º e o estrelado Jamie Olivie Italiano. Além desses 2, ainda conseguimos frequentar o Up town Bar que fica no mesmo andar do Club Executive e tem uma vista perfeita da cidade. Quando for, peça pra sentar lá fora. O Palm Court que fica no lobby e serve mais para uma café ou algo rápido; o Beach Lounge e o Cove Beach que são os localizados na praia.

No quarto, além da cafeteira de expresso  e chás à disposição, tínhamos água, chocolates Godiva e frutas repostas diariamente. 





Adorei a preocupação com os hóspedes: no quarto recebemos uma bolsa de praia, chinelos, protetor labial, protetor solar, enxaguatório bucal, kit costura e kit pra manicure !


Quando chegávamos à praia recebíamos uma bolsa térmica com água e toalhinhas geladas
A praia é particular, porém segmentada. Você possui áreas restritas de acesso. Nós adquirimos o acesso ao Club Executive, por isso poderíamos frequentar  todas as partes da praia, inclusive a que pertence ao Burj Al Arab.
Vista do Club Executive. Todos os quartos possuem vista para o mar e alguns possuem sacada.


Fiz a reserva por um site de de reservas de hotéis e nas possibilidades de quartos havia uma categoria que dava acesso ao Club Lounge. Como eu não sabia o que era isso, corri pro Trip Advisor pra me informar. Achei bem bacana. Esse acesso te dá o direito de frequentar um espaço bem reservado onde são servidas bebidas alcoólicas e vários tipos de finger foods durante algumas horas do dia. Além de podermos ter acesso à piscina privada dos hóspedes do Burj Al Arab, transporte privativo dê e para o aeroporto entre outras regalias.

O buffet é pequeno, composto basicamente de comida fria. Durante a tarde você pode passar por ali pra tomar um chá com biscoitos ou pedir um capuccino.
Tudo que é servido é delicioso e ainda lindo :)


No Club Executive tinha um garçom que nos atendeu todas as noites e foi perfeito. Na segunda vez que fomos lá ele já sabia os nossos gostos e mesmo antes que pedíssemos algo ele já trazia as nossas bebidas.

Todas as noites ficávamos na recepção do hotel onde havia uma pianista tocando lindamente num piano de calda

Esse parque fica junto ao hotel e os hóspedes têm acesso gratuito
Aqui é a área reservada do Executive Lounge

A nossa praia privativa
clubinho kids


A academia é fantástica, dá pra passar o dia inteiro lá e não conseguir fazer todas as aulas que oferecem. Tive que pegar a programação e andar com ela na bolsa para não perder as aulas que gostaria de fazer. Logo na entrada há garrafas de água, bananas e toalhinha molhada geladinha. Fiz stand up todos os dias; havia caiaque, jet ski e pedalinho.
O café da manhã era um caso à parte. Gigantesco, com 5 buffets: asiático, indiano, americano, delicatessen e não me lembro o outro, desculpa.

Fizemos a escolha de dois hotéis pois na busca de onde nos hospedar percebi que em Dubai é muito bom ficar na praia. Mas tendo em vista a nossa extensa programação e as longas distâncias que se percorrem em Dubai, resolvemos então ficar num hotel executivo nos dias que faríamos a parte turística, saindo cedo e voltando só para dormir e depois uma segunda etapa bem "lua de mel" tirando pé do acelerador e só curtindo os dias de sol.

Acredito que consegui fazer excelentes escolhas. Os dois hotéis são completamente diferentes, mas muito bons !!! Dá pra passar uma semana dentro do Jumeirah sem perceber !!
Take care !

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

Curta a página

Por onde já passei