RESTAURANTES EM DUBAI

sexta-feira, julho 03, 2015

Existem viagens que são praticamente impossíveis de conseguirmos ir a um bom restaurante. Outras, como foi essa a Dubai, nos proporcionou momentos de sossego e descanso e, com tempo livre conseguimos programar excelentes almoços e jantares. Como já falei num post anterior, reservamos 4 dias apenas para descanso e deixamos 6 dias para a correria de conhecer tudo que queríamos nos Emirados Árabes.
O restaurante número 1 da minha lista era o AT. MOSPHERE. Considerado o mais alto restaurante do mundo. Eu não sou fã de alturas, de subir em torres, de Roof Tops, mas existem alguns que são obrigatórios conhecer, não é mesmo?! E como esse edifício existe uma torre de observação que você paga para subir e apenas olhar o horizonte, eu pensei: por que não unir o útil ao agradável? Além de ter fila enorme e hora marcada para subir na torre, você apenas tem o direito a observar a vista, sem nenhuma bebida, sem comida enfim. Então, melhor do que subir é poder sentar num restaurante, ter uns momentos de prazer, poder conversar sem pressa e ser muito paparicado.
A entrada para o restaurante é pelo hotel ARMANI, portanto, não adianta ir pelo shopping. O taxi nos deixou no shopping e tivemos que pegar outro taxi para ir ao ARMANI, de tão longe que era. Eu li em alguns blogs que disseram ter entrado pelo mall, mas acho que isso mudou.


 VISTA A PARTIR DO ANDAR 124° DO BURJ KHALIFA

O elevador te leva até o andar 124 e aí você precisa descer um lindo lance de escadas até o andar 123.

 RESTAURANTE ATMOSPHERE

O restaurante é lindo. Estava lotado, mesmo tendo marcado nosso almoço para as 15h. Música suave tocando ao fundo. Garçons muito educados. Cardápio enxuto, porém muito bem executado.

 COUVERT
 ENTRADA
 Sem brincadeira, os aviões passavam mais baixos que o edifício
 Esse foi o meu prato principal. Era um peixe em cama de cuzcuz

Qualquer coisa que eu fale a respeito da comida não fará com que entendam o que ela realmente é. Só para terem uma ideia, o Chef Jerome Lagarde, é detentor de 3 estrelas no guia Michelin, isso já é suficiente para qualquer ovo frito dele ser considerado gourmet.

Do marido: carneiro com polenta

Acabei de perceber que cometi um terrível erro, me esqueci de fotografar a melhor parte da refeição: a sobremesa. Só fiz fotos com o celular, inclusive filmei, pois era uma esfera vermelha e o garçom servia na nossa frente uma calda quente sobre a esfera que fazia ela se abrir e revelar o que tinha dentro. Um espetáculo para ver e comer. Sensacional.

 Fomos os últimos a sair, por isso consegui fazer uma foto de todo o ambiente

Depois de um almoço sensacional, que tal tomar um digestivo no lounge com uma vista diferente daquela que tivemos no restaurante?
 Esse aqui é o bar, que eles chamam de Lounge,  localiza-se do outro lado do restaurante em entrada independente e nesse horário já estava começando a encher 

 Vejam como o bar é tão lindo quanto o restaurante

RISTORANTE ARMANI

As fotos abaixo são do RISTORANTE ARMANI também localizado no Burj Khalifa, porém no primeiro andar e com vista deslumbrante para o show das águas. Ideal ir para o jantar, depois que escurecer, não esqueça.
O bacana desse restaurante, além da vista, é a cozinha, toda aberta para os clientes. E quando digo isso, significa que realmente não tem nada que separe ela do resto do restaurante. É uma grande ilha, bem no centro, tornando a experiência de ter uma refeição ali ainda mais louvável. Com esse conceito aberto, trazendo as pessoas para mais perto, até parece que estamos em casa, reunidos com amigos, ao redor do fogão, tomando um vinho enquanto alguém cozinha.
Pedimos para conhecer a adega e a surpresa foi fascinante. Em forma circular, com uma iluminação fria e totalmente diferente de todas as adegas que já visitamos no mundo. Super moderna e contemporânea, como todo Burj Khalifa.






Esses vinhos são uma produção particular de Sir Armani. As garrafas mais claras são vinhos jovens e conforme vão envelhecendo vão ficando mais cor caramelo.


Corredor de acesso a alguns restaurantes e salas de eventos



Agora vou falar um pouco dos restaurantes do hotel que nos hospedamos, o Jumeirah Beach.

JUMEIRAH BEACH RESTAURANTES

UPTOWN é um lounge, no último andar do hotel, onde você pode consumir bebidas alcoólicas e comer alguns snacks ! Mas com toda a certeza, não se preocupe com o que vai beber ou comer, a vista vale por tudo. Mesmo que peça apenas uma água. Ver Dubai a noite e sentir a brisa do mar soprando é delicioso. 

Na foto acima vemos a partir do Uptown o 360º que é um bar e restaurante mega da moda na cidade e todo blog que você entrar as pessoas recomendam fazer uma reserva nele.
O italiano moderninho também está presente no hotel. Jantamos ali uma noite. Nada de mais ! Comida italiana, só isso. Não entendo a fama !





O 360° fica localizado num pier, afastado do hotel e acessível por uma passarela. Você pode optar por ir de carrinho elétrico ou andando. O percurso não é longo e se estiver de calçado confortável vale a pena ir caminhando.
No andar de baixo está o restaurante e no andar de cima fica o bar


foto do andar de baixo onde está localizado o restaurante
Fomos em mais alguns restaurantes, mas acabei nem tirando fotos. Ah, não posso esquecer do Olive Garden e I Hop, dois restaurantes americanos que eu amo e existem em Dubai para a minha alegria. No I Hop fomos umas 3 vezes !!! Esses dois são restaurantes bem populares e de baixo custo, mas a comida é uma delícia e fiquei muito feliz quando descobri que existiam franquias nos Emirados Árabes.
No Jumeirah Beach existem mais de 10 restaurantes, portanto, enquanto estivemos por lá demos preferência à comodidade de não ter que sair do hotel para fazer nossas refeições !


Take care !!!

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

Curta a página

Por onde já passei