Conhecendo o Santuário de Czestochowa na Polônia

sábado, setembro 17, 2016

Na passarela que leva à entrada do santuário estão distribuídas bandeiras de todos os países católicos do mundo

Painel com informações sobre as missas e toda a programação diária



a praça principal que em poucas horas ficará intransitável. Chegue cedo para poder aproveitar melhor


As fotos acima e abaixo são da capela principal, a Basílica. Veja como é complicado se mexer ali dentro. Fomos em um dia de semana qualquer e, segundo nossa guia, uma freira, em épocas de festividades religiosas o público fica ainda maior.




Painéis como esses estão revestindo todas as paredes da capela onde está exposta a imagem da Madonna Negra Nossa Senhora de Jasna Gora a padroeira da Polônia. São homenagens pela graça alcançada pelos fiéis. São imagens de pernas, corações, pessoas, crucifixos, rosários etc que os fiéis "entregam" à Santa em agradecimento.

A imagem da Madonna Negra fica exposta na segunda capela, menor que a primeira, que fica ao lado esquerdo da entrada para as capelas. A fila para apreciar a imagem da santa estava enorme. Durante o tempo que ficamos na fila pudemos perceber o semblante das pessoas, algumas choravam compulsivamente, outras oravam e a maioria apenas contemplava uma imagem que é considerada milagrosa.

Virgem Maria com o menino Jesus nos braços (chamada de Madonna Negra) que data do século XIV. Os religiosos acreditam que a imagem foi pintada por São Lucas sobre uma mesa de madeira usada por Maria de Nazaré.





A cidade espiritual fica bem pertinho da Cracóvia e é considerada um bairro da cidade. Se sair bem cedinho do hotel até o meio-dia já estará de volta.

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

Curta a página

Por onde já passei